fbpx
19.5 C
São Paulo
segunda-feira, 06 dezembro 2021
HomeNotíciaTrailer de "AmarElo: É Tudo Pra Ontem"

Trailer de “AmarElo: É Tudo Pra Ontem”

O documentário do Emicida, “AmarElo: É Tudo pra Ontem”, chega na Netflix no dia 8 de dezembro. Mas já temos um trailer de arrepiar

AmarElo é tudo aquilo que a gente precisava, desde do single, ao álbum e ao documentário. O trailer divulgado já deixou as nossas expectativas lá em cima e não é para menos. Afinal, Emicida é um gênio, cantor, compositor, escritor, um pensador completo. Em todas as suas criações entrega a alma e dá vida, forma e esperança. Claro que agora não poderia ser diferente.

Emicida terá documentário na Netflix sobre a história da cultura negra

O álbum AmarElo, foi lançado no ano passado, com uma estética impecável. A música carro chefe carrega o mesmo nome e é cantada por Emicida, Majur e Pabllo Vittar. Além disso, sample da canção Sujeito de Sorte, do ícone da MPB, Belchior é uma jogada genial. “Tenho sangrado demais, tenho chorado pra cachorro. Ano passado eu morri mas esse ano eu não morro.” Já era a mais pura resistência, mas depois da releitura de Emicida, a música se tornou um mantra, ainda mais no momento em que vivemos.

O documentário “AmarElo: É Tudo pra Ontem”, vai ter 90 minutos de duração e foi gravado no Theatro Municipal de São Paulo, em 2019. O longa vai intercalar a história da criação de “AmarElo” com os marcos da cultura negra no decorrer dos últimos 100 anos. Além disso, Emicida projetou tudo para ter um elo entre três momentos específicos.  Sendo eles, a Semana de Arte Moderna de 1922; o ato de fundação do Movimento Negro Unificado (MNU), em 1978, e o espetáculo AmarElo, que ocorreu ano passado.

Então, agora é só dar play no trailer e esperar até o dia 8 de dezembro para conferir tudo.

Compartilhe

Maria Angélicahttp://www.todosnegrosdomundo.com.br
Tenho 22 anos, sou nascida e criada no litoral, caiçara com muito orgulho. Além disso, também sou formada em Comunicação Social - Jornalismo. Sempre me encantei com o poder das palavras e por isso sinto que o jornalismo me escolheu, durante a minha breve trajetória profissional tive a oportunidade de contar histórias lindas e é o que pretendo continuar fazendo.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES