fbpx
19.5 C
São Paulo
quarta-feira, 08 dezembro 2021
HomeDivulgaçãoAfroSaúde lança plataforma gratuita

AfroSaúde lança plataforma gratuita

Depois de alguns anos estudando o comportamento do mercado, a startup AfroSaúde lança sua plataforma online.

A plataforma AfroSaúde ajuda pacientes de todo Brasil que estão em busca de um profissional negro. São diversas especialidades; além disso, pela ferramenta, é possível agendar consultas, procedimentos e até consultar receituário eletrônico. É, portanto, um consultório digital, que conta com mais de 900 profissionais cadastrados. O aplicativo está disponível para aparelhos com sistema Android, ou na versão web, disponível no site.

Fundada em 2019, a startup AfroSaúde desenvolve soluções tecnológicas para a comunidade negra. Sempre sendo uma alternativa para combater o racismo. A empresa é uma healthtec de impacto social, dessa forma, os profissionais ganham mais visibilidade e os pacientes podem criar uma conexão maior.

De acordo com o sócio fundador e Chief Executive Officer (CEO), o dentista Arthur Lima, este é um marco na empresa, tendo em vista que a plataforma completa já estava sendo esperada por pacientes pré-cadastrados de todo o Brasil.

“Lançamos a primeira versão da plataforma, por onde os pacientes podiam encontrar os profissionais e resolver o principal problema notado na criação do negócio, que foi a falta de visibilidade dos profissionais de saúde negros no mercado e a dificuldade de os pacientes em encontrá-los. Agora, com o lançamento, essa conexão será mais completa. O paciente poderá agendar os atendimentos online ou presencial, além de ter na palma da sua mão profissionais das mais diversas atuações em saúde”, afirma.

Pretos Em Contos lança o seu volume 2

O crescimento da startup AfroSaúde

Ceo da AfroSaúde
Foto: Divulgação – Athur Lima, CEO da AfroSaúde

Após dois anos entendendo o mercado e desenvolvendo a solução, a AfroSaúde lança sua plataforma. A startup recebeu um investimento do programa Google for Startups, além do Qintess. Antes de tudo, a empresa já havia passado pelo processo de aceleração da Vale do Dendê, sediada em Salvador, que atua no ecossistema do Nordeste.

Para o sócio fundador e Chief Strategy Officer (CSO), o jornalista Igor Leo Rocha, a empresa está de encontro com o momento em que o Brasil está vivendo: as pessoas estão, ainda mais, buscando representatividade em todas as áreas, inclusive na saúde.

Foto: Divulgação – Igor Leo Rocha, CSO da AfroSaúde

“Já temos profissionais cadastrados em todo o Brasil e esse alcance foi, até o momento, orgânico. A partir de agora, chegamos ao mercado com uma plataforma mais completa. O que nos dá ainda mais força para alcançar os profissionais de saúde negros que buscam ser visibilizados por um mercado que só os esconde e os pacientes que buscam representatividade nos atendimentos de Psicologia, Medicina, Odontologia, Fisioterapia, Nutrição e outras mais de 30 áreas cadastradas na ferramenta. A estratégia, agora, é escalar o negócio”, conta.

Vale do Dendê

Primeiramente, é uma organização social criada para fomentar ecossistemas de inovação e diversidade. Com foco em Salvador, Bahia. A iniciativa teve início em novembro de 2016 com um workshop que reuniu representantes de diversas empresas e instituições da cidade.

Então, em 2017, foi realizada a primeira edição da Ocupação Afro. A aceleradora Vale do Dendê iniciou, em 2018, um programa de aceleração que já apoiou 120 empresas diretamente. Além disso, a organização mantém um hub físico na Estação Nova Lapa, onde passam 500 mil pessoas por dia.

Compartilhe

Maria Angélicahttp://www.todosnegrosdomundo.com.br
Tenho 22 anos, sou nascida e criada no litoral, caiçara com muito orgulho. Além disso, também sou formada em Comunicação Social - Jornalismo. Sempre me encantei com o poder das palavras e por isso sinto que o jornalismo me escolheu, durante a minha breve trajetória profissional tive a oportunidade de contar histórias lindas e é o que pretendo continuar fazendo.
- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES