fbpx
19.5 C
São Paulo
sábado, 02 julho 2022
HomeNotíciaAbsurdo: mulher perde emprego por ser mãe solteira e denuncia preconceito

Absurdo: mulher perde emprego por ser mãe solteira e denuncia preconceito

Esse caso merece ser compartilhado e denunciado, independente da cor da pele da mulher. Estamos republicando principalmente por se tratar de um ato de preconceito e preconceito contra mulher. Todo e qualquer tipo de preconceito é um ato abominável. Mas parece que algumas pessoas acham que isso é natural.

No TNM, 79% dos seguidores (as) e leitores (as) são mulheres, por isso nos sentimos na obrigação de republicar esse absurdo que foi divulgado pelo Hypeness. Isso evidencia o quanto é difícil ser mulher no Brasil. Ser for preta, pior ainda. Não sabemos se é o caso, mas imagine-se, mulher, preta, pobre e mãe solteira. A situação descrita abaixo será o mínimo que poderá acontecer.


Na última sexta-feira, uma fanpage no Facebook o drama de uma faxineira que foi demitida por ser mãe solteira. A publicação, que teve 8,8 mil curtidas e gerou quase 5 mil comentários, causou revolta nos seguidores da página Diário de uma mãe solteira.

O post mostra prints da conversa no Whatsapp na qual a mulher, que não foi identificada, demite a faxineira por ter descoberto, através do Facebook, que a mesma tinha três filhos e não era casada.

“Não posso permitir esse tipo de gente na minha casa, perto do meu marido. Não posso ter esse tipo de gente aqui”, escreveu ela em uma das mensagens.

preconceito

Em outro trecho ela diz que “não está criticando o trabalho da funcionária”, que segundo ela é até “muito caprichosa,  mas  que não pode aceitar este tipo de gente e sua casa”. E pede ainda que ela passe na “segunda-feira para pegar o dinheiro com o porteiro”.

Via Hypeness

Compartilhe

- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES