fbpx
19.5 C
São Paulo
domingo, 14 agosto 2022
HomeArteEmanoel Araujo estampa 'About Love'

Emanoel Araujo estampa ‘About Love’

A campanha da Tiffany & Co. é estrelada por Beyoncé e Jay-Z

O artista brasileiro Emanoel Araujo representa suas vivências por meio da arte afro-brasileira. Além disso, Araujo passou por várias instituições, como a Pinacoteca de São Paulo e, principalmente, como fundador do Museu Afro Brasil. Nada menos que o primeiro espaço para a produção de artistas afro-brasileiros e africanos no país. Agora, Emanoel conquista espaço no meio internacional. As suas obras fazem parte da decoração do filme ‘About Love’. A campanha da Tiffany & Co., estrelada pelo casal mais amado do mundo, Beyoncé e Jay-Z.

About Love está disponível no YouTube. Emannuel Adjei é o renomado diretor de cinema por trás da obra. Como um conjunto, a elegância de Beyoncé se encontra com a exuberância do diamante. Outras celebridades como Audrey Hepburn (a protagonista de Bonequinha de Luxo) e Lady Gaga também já usaram a peça.

Biombo produzido por Emanoel Araujo, presente na campanha About Love
Biombo produzido por Emanoel Araujo | Foto: Divulgação

Biombo (2018), escultura em pau marfim e ipê roxo, e o totem branco Oxalá (2007), escultura em madeira e tinta automotiva, produzidas por Araujo, decoram o cenário. As obras ajudam a compor a narrativa do filme, carregando a produção de ainda mais representatividade.

Emanoel tem o cuidado de levar a arte para outro patamar. Por isso, suas obras foram escolhidas para fazer parte de uma campanha de nível mundial.

Oxalá, totem branco na parede de frente para o piano
Oxalá, totem branco na parede de frente para o piano de About Love, produzido por Emanuel Araujo. | Foto: Divulgação

About Love: Beyoncé e Jay-Z

Beyoncé e Jay-Z conquistaram a indústria musical, principalmente por revolucionar um espaço que até hoje é negado há muites de nós. As conquistas do casal vão de ter uma família até se tornarem bilionários. Mas nem tudo são flores: mesmo alcançando o topo, as questões pessoais dos dois já foram capas de revistas e talvez seja por isso que se tornaram um símbolo de amor.

Saber quando ceder, o que perdoar e se entender como casal é um desafio, ainda mais para quem vive nas luzes dos holofotes. Enfim, Beyoncé e Jay-Z provam que estar junto de verdade é um exercício complexo, mas que em alguns casos vale a pena.

O casal tem muito a mostrar sobre o amor, mas a campanha sofreu algumas polêmicas. Beyoncé foi a primeira mulher negra a usar um diamante Tiffany. Alguns celebraram, outros criticaram duramente a cantora, afinal, todos sempre tem uma crítica sobre o modo de vida das pessoas negras. Nem tudo precisa ser uma luta coletiva, a riqueza do casal não ameniza a pobreza de tantos outros, mas inspira jovens a conquistarem seus sonhos, pequenos e grandes.

Beyoncé se torna a artista feminina mais premiada na história do Grammy

Emanoel Araujo

O artista Emanoel Araujo | Foto: Adenor Gondim

Emanoel Araujo nasceu em Santo Amaro da Purificação, Bahia, no ano de 1940. É artista plástico, escultor, desenhista, ilustrador, figurinista, gravador, cenógrafo, pintor, curador e museólogo. Além disso tudo, aprendeu as artimanhas da marcenaria com a família.

Em 1959, realizou sua primeira exposição individual, ainda em sua terra natal. Mudou-se para Salvador na década de 1960 e ingressou na Escola de Belas Artes da Bahia (UFBA), onde estudou gravura.

Ao todo, são cerca de 50 exposições individuais e mais de 150 coletivas. Em 1972, recebeu a medalha de ouro na 3ª Bienal Gráfica de Florença, Itália. No ano seguinte, conquistou o prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) de melhor gravador, e, em 1983, o de melhor escultor. Por dois anos foi diretor do Museu de Arte da Bahia. Além disso, lecionou artes gráficas e escultura no Arts College, na The City University of New York (1988).

Em 2004 fundou o Museu Afro Brasil, com o cargo de Diretor Curador, onde trabalha até hoje. Atualmente, Araujo continua produzindo em seu ateliê, além de ser o curador de importantes mostras ligadas à imagem e cultura do negro e do índio no Brasil. É representado pela galeria Simões de Assis, que detém do artista em toda a América Latina.

Compartilhe

- Advertisment -
- Advertisment -

MAIS LIDAS

COMENTÁRIOS RECENTES