Notícia

ONU lança campanha “Vidas Negras” pelo fim do genocídio da juventude negra

A Organização das Nações Unidas no Brasil lançou, nesta terça-feira (07), a campanha “Vidas Negras” pelo fim da violência contra jovens negros, em atenção à Década Internacional de Afrodescendentes, com objetivo de sensibilizar movimentos sociais, sociedade civil, setores públicos e privados da necessidade de enfrentamento à discriminação racial e desenvolvimento de políticas afirmativas.

De acordo com dados divulgados pela UNICEF, de cada mil adolescentes brasileiros, quatro devem ser assassinados antes dos 19 anos. Segundo o Mapa da Violência, a cada 23 minutos, um jovem negro é morto. É por isso que a campanha alça voz e denuncia o genocídio da população jovem e negra, que acontece principalmente nas periferias.

A sensibilização, portanto, deve acontecer até nas redes sociais: com apoio do Twitter, “Vidas Negras” lançou um emoji com a imagem de um punho negro cerrado, símbolo de luta e resistência dos movimentos negros até hoje. A imagem aparece nos tweets de quem utiliza as hashtags #ConsciênciaNegra e #VidasNegras:

O vídeo de sensibilização foi também lançado nesta terça-feira (7), durante evento na Casa da ONU em Brasília (DF). Protagonizada pelos atores Taís Araújo, Kenia Maria e Érico Brás, a poeta Elisa Lucinda e o grupo Dream Team do Passinho, a produção representa denúncia e resistência, numa só voz. Por “Vidas Negras”! Confira:

 

 

Compartilhe esta notícia
Load More Related Articles
Load More By Amanda Sthephanie
Load More In Notícia

Facebook Comments

deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Além disso, verifique

Aplicativo resgata alfabeto angolano com jogos e brincadeiras

Desenvolvido por educadores que atuam em escolas municipais ...

Facebook

Newsletter