Moda, Notícia

Menina de 10 anos lança sua grife para superar o racismo

Kheris Rogers tem 10 anos e mora em Los Angeles, nos Estados Unidos. E apesar da pouca idade, lida bastante com o racismo. Ela precisou criar, junto à sua família, maneiras de se defender – e principalmente – de não acreditar nos xingamentos.

Em seu primeiro ano do ensino fundamental, sua professora pediu que os alunos desenhassem a si mesmos em um papel e passou em cada aluno dando giz de cera para que pudesse desenhar a cores. A todos a educadora deu giz de cera marrom e quando chegou a vez de Kheris, deu um giz de cera preto. A menina respondeu “Eu não sou preta, sou marrom”, se referindo à cor de sua pele que, mesmo mais escura que a de seus colegas, ainda é marrom. Mas não teve resposta da professora. Quando foi para seu segundo ano na escola, sua mão decidiu mudá-la para uma escola que fosse mais diversa etnicamente. Apesar de não ter sofrido tanto, quanto na escola anterior, ainda assim era xingada por causa do tom de sua pele, até mesmo por outros alunos negros. Sua magreza também era motivo de insultos.

A pequena chorava bastante e ficava triste por causa de todo o preconceito que sofria todos os dias, segundo a irmã – Taylor – de 22 anos em entrevista ao BuzzFeed. Assistindo a algumas matérias de moda, ela se inspirou e pediu à irmã que tirasse uma foto dela em frente sua casa. A irmã postou em seu Twitter com a legenda “Minha irmã tem apenas 10 anos, mas já é realeza”. A foto se tornou viral e em pouquíssimo tempo contava com a resposta de centenas de pessoas a elogiando, inclusive o Snoop Dogg. Kheris ficou obcecada pelos comentários e cada resposta positiva, sua auto estima ficava ainda melhor. Com o tempo ela foi se sentindo mais segura  e decidiu criar sua marca que estamparia camisetas estilosas. Além disso, o gosto pela modelagem continuou e outros ensaios fotográficos foram surgindo.

Reprodução: Twitter/TaylorAndrea

Reprodução: Twitter/TaylorAndrea

A marca tem o nome de “Flexin in My Complexion” que seria algo como “Flexionando em minha Pele” (tradução livre). As camisetas são produzidas e vendidas para muitas pessoas que apoiam ou precisam deste apoio. Suas contas no Instagram e Twitter tem milhares de inscritos que pessoas que a acompanham assiduamente. A atitude desta menina ajudou a empoderar muitas outras que também sofrem com o racismo. Hoje, ela sabe que sua pele e seu cabelo têm muito valor e está lindamente disseminando pelo mundo.

O site por onde vende suas roupas é: www.flexininmycomplexion.com. Veja as fotos da grife e os ensaios fotográficos que ela fez:

Foto: Reprodução/Instagram Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram/Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram/Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram/Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram/Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram/Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram/Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram/Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram/Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram/Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram/Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram/Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram/Kheris Rogers

 Foto: Reprodução/Instagram Kheris Rogers Foto: Reprodução/Instagram Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram Kheris Rogers

Foto: Reprodução/Instagram Kheris Rogers

 

Compartilhe esta notícia
Load More Related Articles
Load More By Luiza Peres
Load More In Moda

Facebook Comments

deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Além disso, verifique

Mandelar: Semana Nelson Mandela no SESC termina com celebração ao legado do líder

  Celebração do legado e a importância do ...