Notícia

Lázaro Ramos responde a Willian Waack o que é coisa de preto

img-1040037-lazaro-ramos

 

Na noite de ontem, o ator, diretor, escritor e apresentador Lázaro Ramos fez uma publicação em seu Instagram reproduzindo um texto de Johnatan Oliveira Raimundo, que apresenta algumas definições mais plausíveis e aceitáveis para o termo utilizado pelo jornalista Willian Waack em vídeo vazado na última quarta-feira.

 

“Coisa de Preto é a bruxaria contida num conto de Machado de Assis.

Um samba escrito pela caneta de Mauro Diniz.

Coisa de preto é a poesia de Cartola.

Os dedos a bailar sobre o violão de Paulinho da Viola.

Ah, só podia ser preto – Romário, Imperador, Ronaldinho.

Responder ao racismo com Lamentos em forma de chorinho.

Pixinguinha, preto rei, rei dessa coisa escura.

Renato Gama autodidata senhor da soltura.

Coisa de preto é manter-se grande diante de quem mata.

É se precisar ameaçar com canhão pelo fim da chibata.

Coisa de preto é viver com alegria.

Inventar a matemática, arquitetura, medicina, agricultura e filosofia.

Ser parte da primeira civilização.

Ser senhor do Blues, do Samba, do Reggae, do Pop, Soul, do Jazz.

É manter amor à Terra diante de um povo que a desdenha pelo céu.

Coisa de preta é Jovelina partideira. Milton, Djavan, Tim, Alcione e Candeia.

Veja a noite Yurugu, fique atento. É preta a senhora dona do vento. Veja, estejas pronto e ouvindo.”

Jonathan Oliveira Raymundo

E eu completo aqui: é tudo isso e muito mais.
E pra vc o que É?

E só pra não esquecer: Racismo é crime e ponto final.

#coisadepreto Trechos do Texto de johnatan Oliveira Raimundo. “Coisa de Preto é a bruxaria contida num conto de Machado de Assis. Um samba escrito pela caneta de Mauro Diniz. Coisa de preto é a poesia de Cartola. Os dedos a bailar sobre o violão de Paulinho da Viola. Ah, só podia ser preto – Romário, Imperador, Ronaldinho. Responder ao racismo com Lamentos em forma de chorinho. Pixinguinha, preto rei, rei dessa coisa escura. Renato Gama autodidata senhor da soltura. Coisa de preto é manter-se grande diante de quem mata. É se precisar ameaçar com canhão pelo fim da chibata. Coisa de preto é viver com alegria. Inventar a matemática, arquitetura, medicina, agricultura e filosofia. Ser parte da primeira civilização. Ser senhor do Blues, do Samba, do Reggae, do Pop, Soul, do Jazz.” ” é manter amor a Terra diante de um povo que a desdenha pelo céu. Coisa de preta é Jovelina partideira. Milton, Djavan, Tim, Alcione e Candeia. Veja a noite Yurugu, fique atento. É preta a senhora dona do vento. Veja, estejas pronto e ouvindo.” Jonathan Oliveira Raymundo E eu completo aqui: é tudo isso e muito mais. E pra vc o que É? E só pra não esquecer: Racismo é crime e ponto final.

Uma publicação compartilhada por Lázaro Ramos (@olazaroramos) em

 

 

Compartilhe esta notícia
Load More Related Articles
Load More By TNM
Load More In Notícia

Facebook Comments

2 Comentários


  1. MARIA LUCIA CLEMENTINO DA SILVA CLEMENTINO DA SILVA

    15/11/2017 em 10:55

    O Lázaro falou tudo. assino em baixo!!

    Responder

  2. Angelina Silva

    18/11/2017 em 07:49

    Resposta à altura da pequenez do comentário infeliz do jornalista.

    Responder

deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Além disso, verifique

Boogie Naipe lança programa na Rádio Brasil Atual

Expandindo seus trabalhos desde 2012, a produtora Boogie ...