Agenda

‘Eu (quase) morri afogada várias vezes’ em cartaz até 24 de abril

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Idealizada apenas por mulheres, ‘Eu (quase) morri afogada várias vezes’, baseada na experiência real de mulheres que sofreram relacionamentos abusivos, fica em cartaz apenas até 24 de abril. Os relatos de assédio, pedofilia e preconceito são levados à peça por um elenco formado também somente com mulheres, no intuito de denunciar as formas de abuso, tanto emocionais quanto físicas, latentes na sociedade machista.

Desenvolvido pelo Coletivo As Minas, o espetáculo é autoral e levanta diferentes pontos de vista sobre as questões abordadas, sempre com o intuito de trazer à tona as repressões que se estabelecem ao mesmo tempo em que mulheres buscam equidade. As atrizes que compõem o elenco também têm suas trajetórias inseridas na peça, além dos casos de agressão que chegaram às grandes mídias, numa mistura entre realidade e ficção.

O título ‘Eu (quase) morri afogada várias vezes’ tem a ver com o quanto cada mulher agredida se afunda num mar revolto, onde é possível se entender como agressora, como insuficiente, como incapaz, como incorreta, como fútil, como causadora, quando na verdade se é a vítima no processo legitimado por uma sociedade patriarcal.

Toda vez que uma mulher é desrespeitada, agredida, abusada, passa por um novo afogamento, até o dia em que não volta mais à superfície para recuperar o fôlego. O espetáculo é uma maneira lúdica de entender como as práticas abusivas chegam de mansinho e tomam conta dos relacionamentos, sendo ainda uma forma de tirar o peso social dado ao feminismo, que nada mais é que uma forma de defesa e acolhimento das mulheres que sofrem diariamente. Essa é uma luta de todas e em prol de todas, desde o momento em que se identificam como menina.

Temporada: De 17 de março a 24 de abril

Local: Sede das Cias

Endereço: R. Manuel Carneiro, 10 – Escadaria Selarón – Lapa, Rio de Janeiro

Dias e horários do espetáculo: De sexta a segunda, sempre às 20h

Valores: R$ 40 inteira / R$ 20 meia (Todos que levarem 1kg de alimento não perecível a ser doado para instituição de caridade de apoio à mulheres: R$20.)

Bilheteria: Somente no local

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe esta notícia
Load More Related Articles
Load More By Amanda Sthephanie
Load More In Agenda

Facebook Comments

deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Além disso, verifique

Ocupação Conceição Evaristo, no Itaú Cultural

Conhecida pela “escrevivência”, escrita que nasce das experiências ...

Facebook

Newsletter