Moda

‘Elle USA’ tem africana negra na capa pela primeira vez em 20 anos

A indústria da moda cede mais uma vez: a edição norte-americana de maio da revista ‘Elle’ é contemplada por representatividade. Na capa, Maria Borges quebra um ciclo de 20 anos sem uma personalidade africana negra em destaque, abrindo portas para uma era em que não serão aceitas mais duas décadas sem inclusão da comunidade negra nos espaços midiáticos. Antes de Maria Borges, o destaque mais recente foi para a modelo sul-sudanesa Alek Wek, que tem um histórico de luta em prol do Sudão e dos refugiados em todo o mundo.

 

Dessa vez, assim como da última, a capa é cenário para muita beleza: Maria Borges, de 24 anos, é angolana. Sobre a representatividade na moda, ela declarou à edição especial da revista que em sua fase de crescimento, nunca tinha visto alguém como ela numa capa, mas agora sua aparição e protagonismo são formas de inspiração para outras pessoas. De maneira pouco mais democrática, agora a indústria da moda cede à pluralidade do mundo e demonstra respeito às diversas belezas.

Aliás, sobre a beleza, em suas redes sociais, Maria Borges declarou estar honrada por ser a primeira mulher africana do século a estar na capa da ‘Elle’: “É a prova de que não existe uma definição simples de beleza”. O encanto da modelo se dissipa além da capa da Elle do mês de maio, afinal ela é o rosto oficial da L’Oréal Paris desde fevereiro, fazendo parte ainda dos Anjos da Victoria’s Secret. Maria Borges é referência à toda comunidade negra, como quem quebra barreiras e representa, com honra e sensibilidade, a conquista dos espaços antes não alcançados.

Que não seja necessário, daqui duas décadas, noticiar um acontecimento assim. Mesmo com a alegria de saber que a era de exclusão foi quebrada, é triste, ao mesmo tempo, saber que ela aconteceu. Afinal, não é possível que essa ausência seja justificada: personalidades africanas negras sempre fizeram história em diferentes áreas, inclusive na moda. O problema é a omissão sobre esses feitos. Por isso, Maria Borges na capa de uma das mais importantes revistas de moda é a porta que precisava ser aberta para que muitas outras e outros sejam o destaque de forma recorrente.

 

 

Compartilhe esta notícia
Load More Related Articles
Load More By Amanda Sthephanie
Load More In Moda

Facebook Comments

deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Além disso, verifique

Festa tradicional de Ribeirão Pires elege Princesa Negra

O Festival do Chocolate é uma festa tradicional da ...