Notícia

Drake denuncia Madison Club por racismo em post

Foto: Reprodução/Instagram

Foto: Reprodução/Instagram

The Coachella Valley Music and Arts Festival, no último final de semana, reuniu uma multidão e manteve sua reputação enquanto célebre evento musical de primavera da Califórnia, talvez o maior. No entanto, nem tudo são flores: apesar das importantes aparições e dos mais falados looks, Drake não ficou muito feliz no Coachella.

Em seu instagram, de acordo com a BET, o rapper acusou uma casa noturna de racismo para criticar o espaço, apagando a publicação um pouco mais tarde. Na postagem, Drake teria escrito “O lugar mais ofensivo no qual já estive em toda minha vida, com uma equipe que seleciona e escolhe quem eles vão acomodar baseados em perfis raciais”, revelação acompanhada do logotipo da Madison Club, o local criticado.

Ao que tudo indica, o cantor, que esteve no festival para sua participação supresa no show de Future, e sua equipe foram tratados de maneira distinta dos outros presentes. Infelizmente, antes que se pudesse pedir explicações sobre o acontecido, Drake apagou seu post e, até agora, de acordo com fontes, nem o canadense nem o estabelecimento se pronunciaram sobre o ocorrido.

 

#Drakes puts #TheMadisonClub hotel on blast for racial profiling

A post shared by Celebritea Entertainment News (@thacelebriteaofficial) on

Compartilhe esta notícia
Load More Related Articles
Load More By Amanda Sthephanie
Load More In Notícia

Facebook Comments

deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Além disso, verifique

Grande evento na Rússia é marcado por ato racista

Dia 17 de junho começará a Copa das ...