Filha de Oxum, tem paixão pela palavra e articula RAP, poesia e jornalismo como formas de expressão. Amanda Sthephanie é militante das causas negras e do feminismo preto e periférico. Prounista, estuda jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie, onde integra o Afromack (Coletivos de Negros do Mackenzie) e o GERE (Grupo de Estudos de Gênero, Raça e Etnia). Faz parte também dos grupos Dandariando, Cineclube Zózimo, Artefato e Projetistas Periféricos.