Literatura, Oportunidade

Oficina gratuita de contos está com inscrições abertas em SP

Capa_Face_Divulgação-Oficina_Escangalhar_-Plinio-624x231

A Editora Kazuá divulga o projeto ESCANGALHAR: Oficina Palavra em Construção, orientada pelo escritor Plínio Camillo, que publicou a coletânea de contos “Coração Peludo”, pela Kazuá em 2014.

O objetivo da Oficina é estimular a produção de contos curtos, a partir das análises e práticas desenvolvidas nos encontros. O resultado do projeto será a publicação do livro ESCANGALHAR, pela Editora Kazuá, com a coletânea dos contos produzidos pelos participantes.

A criação artística do livro será realizada a partir das imagens construídas pelo workshop de figurinos do coletivo Usina da Alegria Planetária.

Com a orientação de Plínio Camillo, os participantes terão acesso às técnicas, estruturas e textos clássicos do gênero conto e vão realizar discussões e reflexões acerca dos elementos linguísticos que colaborem com o desenvolvimento de uma linguagem mais eficiente na escrita literária. Na prática, os encontros serão divididos em três momentos:

– Leitura e discussão de contos paradigmáticos;

– Produção de textos;

– Leitura e discussão dos textos produzidos pelos participantes;

Na descrição do próprio Plínio, o foco dos encontros é ESCANGALHAR. “Nesta Oficina, escangalhar será a prática de corroer, desamanhar e lascar as palavras e seus significados. Demolir, desarranjar, desarrumar e desencaminhar as orações. Pulverizar, subverter e transtornar as linhas literárias, pensamentos e ponto de vista. Já com as histórias, iremos enevoar, enfear, entravar, esbandalhar, fulminar, arrombar, desacomodar e perverter”, explica o autor.

plinio_camilloPlínio Camilo publicou seu primeiro livro “O Namorado do Papai Ronca” em 2012, selecionado pelo Concurso de Apoio a Projetos de Primeira Publicação de Livro no Estado de São Paulo do ano de 2011. Em 2014, publicou, pela Editora Kazuá, a coletânea de contos: “Coração Peludo”. Em 2015, lança “Outras Vozes”, composto de contos que buscam dar voz aos negros escravizados, mesclando ficção e fatos históricos. Participou das Coletâneas de contos “Abigail”, “DesContos de Fadas” e “PRIMEIRAMENTE”.

As inscrições para a oficina são gratuitas, estão abertas até o dia 9 de agosto (09/08), e podem ser realizadas preenchendo o formulário AQUI.

Você também pode se inscrever enviando e-mail com dados completos (nome, idade, endereço, telefone para contato e breve apresentação) para: comunicacao@editorakazua.com.br

Os encontros acontecem às terças e quintas, das 19h30 às 21h30, durante os meses de agosto e setembro no Espaço Cultural da Kazuá, no centro de SP.

 

Compartilhe esta notícia
Load More Related Articles
Load More By TNM
Load More In Literatura

Facebook Comments

deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Além disso, verifique

Zumbi assombra quem?’: escritor Allan da Rosa lança infantojuvenil sobre questões raciais

Por Semayat Oliveira No dia 3 de outubro ...

Facebook

Newsletter